Problemas oculares na gestação

A gestação pode causar problemas oculares??

Pois é, você está gravida e já sabe que virão uma série de alterações no seu corpo durante todo o processo… mas a alteração na sua visão não estava programada…

É muito normal acontecer uma alteração do “grau dos óculos” durante a gravidez e lactação. Do mesmo mecanismo que tornozelos e dedos podem inchar e alterarem durante esse processo, os olhos podem ter que se adaptar ao processo. E isso acontece em virtude das alterações hormonais e físicas induzidas pela gestação.
A tendência é que haja uma restituição após toda essa fase.

Geralmente você deve ter notado que as maiores mudanças aconteceram no segundo e principalmente no terceiro trimestre
Frequentemente, a mudança em sua visão se deve à retenção de líquidos, que podem alterar temporariamente o formato de sua córnea. Como seus hormônios continuarão a flutuar e voltarão ao normal logo após o parto ou após terminar a amamentação, seu médico pode aconselhar esperar até depois do parto para avaliar se você precisa alterar sua prescrição. No entanto, você pode precisar de um par de óculos temporário com sua prescrição atual se precisar de lentes para dirigir ou outras tarefas que são perigosas ou difíceis sem uma visão perfeita.

 

Olhos secos

Olhos secos são uma condição comum e geralmente temporária que ocorre durante a gravidez. Eles podem causar irritação e desconforto, especialmente ao usar lentes de contato. Para aliviar a secura dos olhos, os colírios sem conservantes para lubrificação ocular são totalmente seguros para uso durante a gravidez e a amamentação.

 

Pálpebras inchadas

Assim como outras áreas do corpo, as pálpebras podem inchar durante a gravidez… Para reduzir a retenção de água, trate de beber muita água e limite a ingestão de sódio e cafeína.

 

Mudanças na visão que requerem atenção médica

Pré-eclâmpsia

Algumas alterações graves na visão podem ser sinais de pré-eclâmpsia, um problema potencialmente sério que ocorre em 5 a 8% das gestações. Os sintomas visuais associados à esta doença incluem perda temporária da visão, fotofobia, visão embaçada, auras e o aparecimento de luzes piscando. E muito cuidado: podem vir acompanhados de pressão alta. Se você sentir esses sintomas, procure atendimento médico imediatamente.

Diabetes

Tanto as mulheres que são regularmente diabéticas quanto as que têm diabetes gestacional (gravidez) precisam ficar de olho em sua visão! A turvação da visão pode indicar níveis elevados de glicemia (açúcar no sangue). Os riscos de perda de visão associados ao diabetes aumentam durante a gravidez, portanto, é fundamental monitorar os níveis de açúcar no sangue em todos os momentos. Mulheres com diabetes gestacional devem fazer um exame oftalmológico para diabéticos, que inclui dilatação do olho e exame da retina em busca de sinais de retinopatia.

Embora pequenas alterações em seus olhos e visão sejam uma parte normal da gravidez, se a qualquer momento você notar dor persistente nos olhos, perda de visão ou desconforto, visite seu médico. É sempre melhor prevenir do que remediar.
Porém, mulheres que apresentem condição preexistentes (glaucoma, ceratocone, cirurgia refrativa) devem ser mais vigilantes com sua visão.
Deste modo, toda e qualquer alteração ocular deve ser conversada com seu oftalmologista.