Crosslinking de córnea

Crosslinking de córnea

Novo tratamento cirúrgico que permite aumentar a resistência da córnea, deixando-a mais estável. Este tipo de procedimento pode retardar ou mesmo interromper a evolução de patologias como ceratocone, evitando até a necessidade de um futuro transplante.

Como é feita a cirurgia?

A cirurgia é minimamente invasiva e não tem necessidade de internação. A anestesia é aplicada por meio de colírio à base de riboflavina (vitamina B), que é ativado por um feixe de luz ultravioleta. Isso estimula a contração e união das fibras de colágeno, aumentando a resistência da córnea e reforçando sua estrutura. Em seguida, é inserida uma lente que servirá como um curativo para a retina. O paciente deve permanecer com a lente por 7 dias e, após esse período, deve retirá-la.

Qual o tempo de recuperação?

O paciente é liberado imediatamente, pois é um procedimento simples e não há necessidade de repouso. Após a retirada da lente, é comum haver desconforto nos olhos, ardência e dor leve a moderada. Nesses casos, remédios analgésicos são indicados.

Como é o pós-operatório?

Após o procedimento, o paciente deve usar um colírio antibiótico por 7 dias e um colírio anti-inflamatório durante 30 dias.